DO HERÓI DA EPOPÉIA AO PERSONAGEM DO ROMANCE: UM PARALELO COM DIFERENTES REPRESENTAÇÕES DE MASCULINIDADE

Lucélia Canassa, Luiz Carlos Santos Simon

Resumo


Esse artigo busca fazer uma análise do livro De Cócoras, de Silviano Santiago, publicado em 1999, e, mais especificamente, da personagem central do romance: Antônio de Albuquerque e Silva. A partir disso, pretende-se pensar na mudança da caracterização das personagens ao longo da história e traçar um paralelo com as representações das masculinidades. Do herói da epopeia para a personagem do romance, as mudanças são significativas. No primeiro, a construção é a de um ser pleno que existe em relação ao coletivo; no segundo, o sujeito encontra-se fragmentado e há um esvaziamento de sentido sobre a vida. O foco, porém, será a personagem do romance do final do século XX em questão, considerando que o gênero romance é extremamente amplo. Dessa forma, o trabalho será dividido em três partes: primeiro, uma breve exposição das diferenças entre o herói da epopeia e do romance; segundo, pensar a caracterização do protagonista em De cócoras; e, por último, fazer uma reflexão sobre uma representação de masculinidade que foge de um padrão socialmente estabelecido no que concerne à personagem analisada.

Palavras-chave


Romance; Personagem; Masculinidades.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.