Ordenamento territorial do turismo nas regiões metropolitanas de Fortaleza, Natal, Recife e Salvador: Prodetur I e II e estruturas de apoio turístico

Lívia Gabriela Damião de Lima, Larissa Silva Ferreira Alves, Ângelo Magalhães da Silva

Resumo


Objetiva-se, no presente trabalho, analisar o ordenamento territorial (OT) do turismo nas regiões metropolitanas (RMs) de Fortaleza, Natal, Recife e Salvador pelas ações dos PRODETUR I e II e pelas estruturas de apoio turístico. Para tanto, como abordagem científica, busca-se interpretar o território como uma construção dialética, apontando-se diferenciações na espacialização dessa atividade. Como procedimentos metodológicos, elabora-se levantamento bibliográfico sobre os conceitos de turismo e de OT. Faz-se, ainda, pesquisa documental sobre as ações executadas pelos PRODETUR I e II e levantamento de dados secundários sobre indicadores que cadastrem e avaliem a gestão do turismo nas RMs, foco de estudo, por meio do CADASTUR (MTur, 2013). Pela pesquisa, aponta-se a necessidade de planejamento e ordenamento da atividade, no sentido de dinamizar os investimentos historicamente concentrados. Mostra-se que as políticas públicas, voltadas para o setor, ainda se realizam com grande fragilidade institucional, ajudando a construir níveis de integração metropolitanos diferenciados em relação à atividade turística.


Palavras-chave


turismo, políticas públicas, ordenamento territorial, regiões metropolitanas

Texto completo:

PDF