ABORDAGENS CONCEITUAIS DA MATEMÁTICA POR MEIO DO GEOGEBRA: UMA PROPOSTA DE PRODUTO EDUCACIONAL PARA PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA

Renan Marques Pereira, Eline das Flores Victer, Adriano Vargas Freitas

Resumo


O produto educacional desenvolvido e apresentado neste resumo expandido foi o resultado de um estudo no Programa de Pós-graduação em Ensino das Ciências na Educação Básica, sendo orientado pelos professores Eline das Flores Victer e Adriano Vargas Freitas. Por ser tratar de um Mestrado Profissional, destacamos a importância na elaboração e avaliação (aceitação) de um produto educacional que pudesse atender as possíveis necessidades dos professores que ensinam matemática.

O produto educacional integra algumas tecnologias digitais, como: a linguagem de programação HTML5 (utilizado para elaborar o layout), o software dinâmico GeoGebra (O autor do GeoGebra, Markus Hohenwarter, o define como “um software gratuito e multiplataforma de Matemática dinâmica para todos os níveis de ensino. Ele integra geometria, álgebra, planilha eletrônica, gráficos, estatística e cálculo em um único ambiente fácil de usar”) e arquivos com extensão PDF. Iniciamos o processo de elaboração do mesmo, oferecendo, para professores que ensinam matemática, duas oficinas que abordavam por meio de atividades investigativas, os conceitos matemáticos com a ferramenta GeoGebra. Destacamos que a forma crítica (FREITAS, 2011) na utilização do software foi uma das características que enfatizamos nas oficinas. Nelas, tivemos a oportunidade de registrar relatos dos professores para que pudéssemos construir o produto educacional aos moldes destes profissionais. Também buscamos na literatura as possíveis tendências que as pesquisas (KENSKI, 2003; GIRALDO et al, 2012; FREITAS et al., 2011, 2014; BORTOLOSSI, 2012; JÚNIOR e MOURA, 2014; ALBERTO et al., 2014; SANTOS, 2012; TENÓRIO, 2014; FERREIRA, 2011; LEITE et al., 2012; PONTE et al., 2013) nos apontam no que diz respeito as potencialidades das tecnologias digitais e a realidade educacional do professor.

Após a elaboração do produto educacional, nos direcionamos para a etapa de avaliá-lo sob a perspectiva dos professores que ensinam matemática. Tal momento também foi feito a partir de uma oficina com 19 professores participantes em um laboratório de informática, no qual cada profissional pôde explorá-lo com o recurso computacional.

A tela inicial do produto educacional nos apresenta os botões que, após acionados, nos levarão às doze atividades elaboradas no GeoGebra acompanhadas com os seus respectivos materiais orientadores em PDF (são dois botões, um para abrir a atividade e o outro para abrir o PDF). É importante destacar que tais atividades funcionam sem necessariamente o GeoGebra estar instalado no computador do professor, e sem um leitor de PDF instalado também.

Buscamos implementar essas características para facilitar o trabalho do professor usuário, não dependendo de instalações prévias ou compatibilizações com outros sistemas.

Além disso, optamos por disponibilizar todas as atividades no site do GeoGebraTube (http://tube.geogebra.org/renanmarques89%40gmail.com), podendo ser baixadas e adaptadas individualmente, a qualquer momento que o professor desejar. Destacamos que esta disponibilização de nosso produto educacional neste ambiente virtual deve-se ao fato de buscarmos socializar com a comunidade de pesquisadores e professores da área, e buscarmos sugestões e análises críticas de sua adequação.

Buscamos no nosso prodto educacional, além apresentar uma diversidade de conteúdos matemáticos, permitir que o professor possa adaptá-lo ou adicionar mais atividades. Para isso, utilizamos o código fonte em HTML5 que pode ser ajustado para a realidade desse profissional.

Destacamos que também elaboramos, derivado de nosso PE, uma versão para estudantes, o qual possui toda as atividades no GeoGebra para que o próprio aluno possa manipular. A única diferença do produto educacional na versão estudante é que foram retirados todos os materiais orientadores e os seus respectivos botões de acesso.

Na avaliação, os professores citaram aspectos que poderiam implicar na utilização do produto educacional na sala de aula, como o apoio da Instituição, um ambiente tecnológico propício, formação docente na utilização de softwares matemáticos e tempo. Tais fatos também foram encontrados na literatura apresentada durante a pesquisa, o que nos auxiliou a convergir com as propostas do produto educacional: ser portátil, facilitador, dinâmico etc.

Destacamos que as avaliações apresentadas pelos 19 professores, não simbolizam uma generalização de opiniões das facilidades e dificuldades sobre produto educacional, no entanto, representa um panorama, que pela experiência e diversidade profissional do grupo de professores, nos leva a características que podem aprimorar o material didático com o intuito de aproximar a utilização na realidade educacional destes profissionais.

Tal produto educacional não tem como objetivo solucionar os impasses educacionais que este grupo de professores vivenciam em seus ambientes escolares. O produto é uma proposta para que eles possam se aproximar da utilização de forma crítica de softwares matemáticos educativos conhecendo as suas potencialidades.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.