É possível favorecer o ensino da estatística utilizando uma ferramenta computacional como parte integrante do processo pedagógico?

José Carlos Coelho Saraiva, Adriano Vargas Freitas

Resumo


Nossa pesquisa tem como foco de estudo, encontrar uma forma de favorecer, por intermédio de recursos tecnológicos, o processo de ensino-aprendizagem de Estatística na educação básica, verificando, inclusive, a possibilidade de uma extensão e/ou aprofundamento dos conteúdos aplicados. Através de estudos estatísticos junto a profissionais de ensino, pretendemos mapear o nível de introdução dos conteúdos em sala de aula, bem como as principais dificuldades e expectativas dos alunos em relação a estes conteúdos. Pretendemos desenvolver uma ferramenta computacional com base os resultados dessas análises. Para a validação de nosso produto educacional faremos a aplicação desta ferramenta em uma turma do ensino básico como forma de testagem, avaliação e reestruturação de nosso produto. Dentre os referenciais teóricos que destacaremos para nosso processo de construção e análise da pesquisa, temos como norte os Parâmetros Curriculares Nacionais (BRASIL, ano 1999), Lopes (2008), Xavier (2005), Hoel (1979) e Gil (2008).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.